sábado, 18 de maio de 2019

Xadrez - Circuito "Xadrez e Ciência Viva"


Sorteios da Taça de Portugal e do CN Equipas realizados


Decorreu pelas 15:00 horas em direto na página de facebook da FPX os sorteios relativos aos 1/4 de Final da Taça de Portugal por Equipas e das fases finais do Campeonato Nacional por Equipas da 2ª e 3ª divisão nacional, os mesmos podem ser revistos em: www.facebook.com/fpxadrez.

A Taça de Portugal por Equipas será realizada em Coimbra no Hotel D. Luís no dia 08 de junho.

As equipas vencedoras das séries da 3ª divisão vão disputar em formato local a fase eliminatória no dia 09 de junho de 2019, das seis equipas vencedoras só três irão passar à fase final que se disputará na cidade de Évora a 20 e 21 de julho.

O sorteios ditaram os seguintes jogos:

Taça de Portugal por Equipas - 1/4 de Final dia 08 de junho de 2019

- Profigaia/Escola Profissi. "A" - AX Portugal/Atlantidiagonal "A"
- AA Coimbra - CA Tessera Xadrez
- GD Cavadas - GX Porto "A"
- A.Xat Montemor-o-Novo - GD Dias Ferreira "A"


Campeonato Nacional por Equipas 2ª Divisão Fase Final - 20 e 21 de julho

- AA Coimbra "B" - GD Dias Ferreira "B"
- SantoAntoniense FC "A" - AA Coimbra "B"
- GD Dias Ferreira "B" - SantoAntoniense FC "A"


Campeonato Nacional por Equipas Fase Eliminatória - 09 de junho

- GD Dias Ferreira "C" - CA Téssera Xadrez
- AA Coimbra "C" - AX Portugal/Atlantidiagonal "B"
- Loulé ++ - Estrelas São João de Brito


Campeonato Nacional por Equipas Fase Final - 20 e 21 de julho

- Vencedor do Jogo 2 - Vencedor do Jogo 3
- Vencedor do Jogo 1 - Vencedor do Jogo 2
- Vencedor do Jogo 3 - Vencedor do Jogo 1

Todas as informações nas respetivas páginas disponiveis em:

Taça de Portugal: http://www.fpx.pt/web/nacional/historico/2018-2019/taca-de-portugal-equipas 

2ª Divisão: http://www.fpx.pt/web/nacional/historico/2018-2019/equipas/2-divisao

3ª Divisão: http://www.fpx.pt/web/nacional/historico/2018-2019/equipas/3-divisao

domingo, 12 de maio de 2019

Xadrez confirmado como modalidade nos Jogos da CPLP de 2020

O xadrez vai ser uma das modalidades estreantes nos 12.ºs Jogos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), marcados para Díli (Timor-Leste), no verão de 2020.
A integração do xadrez no programa dos Jogos da CPLP foi confirmada pela Confederação do Desporto de Portugal, a quem cabe a responsabilidade de organizar a representação portuguesa aos Jogos, destinados a jovens até aos 16 anos.

Os Jogos da CPLP em 2018, realizados em São Tomé e Príncipe, tiveram cinco modalidades (atletismo, basquetebol 3x3, futebol, voleibol de praia e taekwondo) e, dado o crescimento sustentado do evento, foi decidido tentar integrar outras modalidades. Como o xadrez tem vindo a marcar uma presença cada vez mais forte nos países de língua portuguesa, a entrada da modalidade no programa dos Jogos acaba por ser um justo prémio para o trabalho que tem vindo a ser realizado na implantação deste desporto, que é também ferramenta de integração e desenvolvimento dos jovens.

Recorde-se que os países de língua portuguesa têm vindo também a trabalhar na criação de uma Confederação Lusófona. Numa reunião entre os líderes das federações de xadrez lusófonas efetuada à margem do congresso da Federação Internacional de xadrez (FIDE), realizado em Batumi (Geórgia), em outubro de 2018, foi decidido dar um passo importante na criação do organismo, cabendo a Cabo Verde a responsabilidade de acolher a primeira sede.

Estão assim reunidas as condições para que o xadrez possa também fazer parte do lote de modalidades nos Jogos da Lusofonia de 2021, que deverão ser organizados por Angola, na respetiva capital, Luanda.

Taça de Portugal: Oitavos de final da competição decorreram no dia 04 de maio


Realizou-se no passado sábado dia 04 de maio os concentrados relativos aos oitavos de final da Taça de Portugal por Equipas, os jogos foram divididos em duas zonas, norte e sul, sendo os jogos realizados a norte do Grupo de Xadrez do Porto e a sul nos Bombeiros Voluntários de Carcavelos e São domingos de Rana.

As equipas mostram vontade em querer conquistar este troféu, não abdicando dos seus principais jogadores na eliminatória disputada.

Seguem em frente 8 equipas (CA Tessera Xadrez, GX Porto “A”, GD Dias Ferreira, Profigaia/Escola Profiss “A”, A.Xat Montemor-o-Novo, AX Portugal/Atlantidiagonal, GD Cavadas e NS São Miguel ou AA Coimbra, jogo a disputar no dia 12 de maio), para os quartos de final da competição que serão disputados dia 08 de junho, a data do sorteio da próxima eliminatória será divulgado em breve.

Resultados:

1. CA Tessera Xadrez – GX 113 - 4-0
1. GX Porto “A” – EX Porto “A” - 2,5 - 1,5
1. GD Dias Ferreira – CXA2D “A” - 3 - 1 
1. GX Porto “B” – Profigaia/Escola Profiss. "A“- 1 - 3
2. A.Xat Montemor-o-Novo – Estrelas S. João de Brito – 4 - 0
2. AX Portugal/Atlantidiagonal – Casa do Xadrez - 4 - 0
2. NS São Miguel – AA Coimbra – Jogo a disputar dia 12 de maio
2. CR Estarreja – GD Cavadas – 1,5 - 2,5

Todas as informações em: http://www.fpx.pt/web/nacional/historico/2018-2019/taca-de-portugal-equipas 

http://www.fpx.pt/web/comunicacao/noticias/72-destaques/2003-taca-de-portugal-oitavos-de-final-da-competicao-decorreram-no-dia-04-de-maio

Livro “64” de Carlos Dantas disponível na Loja da FPX

Já está disponível na Loja da FPX o livro do mestre nacional Carlos Dantas “64 – Histórias e Partidas de Xadrez Amador”, uma interessante obra que combina análises de partidas e posições de jogadores portugueses com histórias associadas a elas.

Numa narrativa solta e bem humorada, Carlos Dantas confere um interesse extra às partidas e histórias focadas, num documento que percorre praticamente três décadas do xadrez português e jogado por portugueses. É nessa perspetiva que a nossa federação considera esta obra uma excelente estreia de livros portugueses na Loja da FPX.

Como o título indica, o livro dedica-se a 64 histórias em torno de partidas jogadas pelo autor, mas também por alguns xadrezistas portugueses de nomeada, como o grande mestre Jorge Ferreira e o mestre internacional Rui Dâmaso. Os capítulos começam sempre com posições, através das quais é lançado o desafio de as resolver da melhor maneira. Para isso, o livro é acompanhado de um separador, que também serve para anotar a resolução das respetivas posições.

Com uma visão muito pessoal, Carlos Dantas, portuense de gema, aborda também algumas questões polémicas da história recente do xadrez em Portugal, vividas “in loco” pelo autor, que é um excelente exemplo de um percurso que vem do xadrez jovem (foi campeão nacional várias vezes e esteve presente em Europeus e Mundiais de Jovens), passou pela luta pelos primeiros lugares em Nacionais Absolutos, Torneios de Mestres e Opens importantes e também inclui uma forte presença em provas por equipas.


Tratando-se de um livro que aborda histórias de xadrez amador, o autor sugere que as partidas e posições sejam seguidas sem a ajuda de computadores. Apenas “para ser lido em frente a um tabuleiro, com umas boas peças de madeira”. 

A loja online está disponivel em: https://www.loja.fpx.pt/