sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Carros clássicos tentam bater recorde

Cerca de 250 automóveis e motociclos antigos estão reunidos desde esta sexta-feira em Évora na maior concentração de viaturas clássicas e antigas da Península Ibérica, que pretende ser certificada pelo Guiness World Records, noticia a Lusa.

O certame, que se prolonga até domingo no espaço do Rossio de S. Brás em Évora, é organizado pelo jornal Diário do Sul e pela Rádio Telefonia do Alentejo, esperando receber mais de 600 participantes.

Paulo Piçarra, administrador do Diário do Sul, explicou à agência Lusa que se trata da «maior concentração de automóveis clássicos e antigos da Península Ibérica». «Este ano, esperamos entrar para o Guiness World Records, se for ultrapassado o número de 220 viaturas presentes», disse.

De acordo com o promotor, o automóvel mais antigo em exibição no certame é um Ford T, de 1915, pertencente a um coleccionador de Lisboa. «Vamos ter seis Ford T, datados do período entre 1915 e 1920», adiantou.

Outra das «atracções» será a última viatura do cardeal Cerejeira, um Chevrolet Impala-Limousine, de 1950.

Um camião de combate a incêndios dos bombeiros de Montemor-o-Novo, de 1937, recuperado pelos próprios «soldados da paz», faz também parte do lote de viaturas em exposição.

Segundo Paulo Piçarra, o certame reúne empresas, associações e coleccionadores ligados ao automóvel clássico, assumindo-se como palco para a «partilha de histórias». «As pessoas que têm carros antigos gostam de contar as histórias desses veículos, sobre o seu passado, como os adquiriram e como foi feita a sua recuperação», assegurou, sublinhando que também os adeptos do mundo automóvel «gostam de saber essas curiosidades». Lusa

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...